Engenharia Civil Poli-UFRJ

Apresentação

A Escola Politécnica da UFRJ tem sua origem na Real Academia de Artilharia, Fortificação e Desenho, instituída em 1792, cujo currículo incluía a cadeira de engenharia civil.

Atualmente a Engenharia Civil abrange áreas tão distintas quanto a Construção Civil, Estruturas, Geotecnia, Transporte, Recursos Hídricos e Meio Ambiente (ver figura abaixo), envolvendo atividades variadas tais como a condução de obras, elaboração de projeto, estudos de viabilidade, orçamentos, monitoração, pesquisa e desenvolvimento, etc.

O curso de Graduação em Engenharia Civil da Escola Politécnica capacita o diplomado a atuar em todas estas áreas de forma plenamente qualificada.
O egresso do curso é um profissional consciente da necessidade de permanente aperfeiçoamento e de cumprimento da legislação pertinente às atividades desenvolvidas.

Áreas de Atuação
Fig. 1 Áreas de atuação da Engenharia Civil e atividades desenvolvidas.

Em função das distintas áreas que a Engenharia Civil abrange, o curso oferece, além de formação científica básica (matemática, física, etc.) e da formação profissional fundamental, uma formação profissional específica (à escolha do aluno) em torno das ênfases nas cinco áreas mostradas na figura acima.

Ênfase em Construção Civil > leia mais

Essa ênfase abrange os conceitos fundamentais da construção em geral, valorizando o máximo de eficiência, com preocupação de preservação ambiental e racionalização de consumo energético.

Este profissional também é capacitado a tratar questões de traçado e planejamento urbano.

Ênfase em Engenharia de Transportes > leia mais
O engenheiro civil com ênfase em transportes é um profissional capaz de participar eficazmente de uma equipe multidisciplinar de elaboração de planos de transporte; projetar e implantar componentes de sistemas de transportes: rodovias; ferrovias; terminais rodoviários e ferroviários de passageiros e de carga; pistas, caminhos, pátios e terminais aéreos; hidrovias e portos; participar eficazmente de uma equipe de gerência da operação de sistemas de transporte rodoviário, ferroviário, aéreo e aquaviário.
Ênfase em Estruturas > leia mais

O Engenheiro Civil formado na ênfase de Estruturas estará habilitado a desempenhar atividades de projeto, execução, fabricação, montagem, transporte e manutenção de estruturas, levando a resultados que garantam a segurança e o desempenho adequado das construções.

Os sistemas estruturais estão presentes em inúmeros setores da atividade econômica: edificações para uso residencial ou comercial e instalações para atividades nas mais variadas áreas de produção industrial e de serviços básicos de atendimento à população (escolas, hospitais, saneamento etc.).

Adicionalmente, destacam-se os empreendimentos na área da infraestrutura e logística dirigidos aos modais de transportes, com destaque para as grandes obras de pontes e viadutos, emblemáticas da Engenharia de Estruturas.

O curso focaliza, com abordagem fundamentada e atualizada, as diversas tecnologias empregadas na construção civil, incluindo as estruturas em concreto armado e protendido, as estruturas de aço, as mistas de aço e concreto, assim como as estruturas em madeira.

Ênfase em Geotecnia > leia mais

Abrange conhecimentos básicos sobre o comportamento do solo tanto como material de suporte para obras de engenharia, como material de construção.

As disciplinas cobrem tópicos como: aterros, barragens, estabilidade de taludes, geologia para engenheiros, geotécnica ambiental, geotécnica rodoviária, fundações, investigações de campo e laboratório, mecânica das rochas e engenharia dos maciços rochosos, obras de terra e obras subterrâneas, túneis e escavações.

Ênfase em Recursos Hídricos e Meio Ambiente > leia mais

Essa ênfase está associada à importância do recurso “água” na sociedade humana moderna.

O profissional em recursos hídricos atua na geração de energia, através de aproveitamentos hidrelétricos; em irrigação e drenagem; no setor de transportes, através da navegação interior e do planejamento portuário; nas áreas de abastecimento d’água, esgotos, disposição de resíduos e drenagem urbana; no controle dos rios e nas intervenções em zonas costeiras.



Coordenadora:
Sandra Oda - civil-coordenacao@poli.ufrj.br

Vice-Coordenador:
Bruno Martins Jacovazzo - civil-coordenacao@poli.ufrj.br 

Secretaria:

Michael Correa Monteiro -  mcorrea@poli.ufrj.br 
Luzia Faria de Jesus - luzia@poli.ufrj.br